A banda Les Fleurs retoma parceria com escritor em novo single

Chegou às plataformas digitais nesta sexta-feira o novo single da banda Les Fleurs (du Mal). For the lady dressed in sun… retoma a parceria do grupo com o escritor itatibense Mateus Machado. Trata-se de uma música esquecida do projeto Pandora’s Demo (2004), parceria da banda com o poeta, retomada durante as gravações de No happy ends. É impossível não pensar no Sandman de Neil Gaiman ao ouvir os versos repletos de romantismo gótico, sensação reforçada pela sonoridade esparsa e onírica fornecida pela banda.

No Happy Ends, o quinto trabalho do Les Fleurs (du Mal) está recheado de versos às vezes sombrios e apropriados para o momento que vivemos. Não foi intencional, mas finais acabaram sendo o tema central deste trabalho, prenunciando o momento apocalíptico que vivemos.

As gravações aconteceram entre 2016 e 2017, mas os temas abordados estão mais atuais do que nunca. Esse é o último trabalho com a participação do baixista Nilton Reganin, veterano da cena roqueira itatibense falecido em 2016, em meio às gravações de No Happy Ends. Além do Les Fleurs, Nilton participou das bandas Barco Bêbado, Outros 500, Os Miseráveis e Rockphonia.

A banda itatibense Les Fleurs está na ativa desde 2003 e já conta com quatro trabalhos lançados, todos eles disponíveis nas principais plataformas digitais: Rock’n’Roll French Bitch (EP), Pandora’s Demo, Dancing on the Bottleneck e Pandora’s Pussy. Participaram de No Happy Ends André Fujiwara (ex-Authopsia, ex-Raindrops), Reginaldo Maciel, Richard Kraus (Harry), Rafael Presotto (ex-Aeroplane) e o saudoso baixista Nilton Reganin (ex-Barco Bêbado, ex-Outros 500, ex-Os Miseráveis, ex-Rockphonia). Les Fleurs passeia por influências que vão do Punk ao Progressivo. Além das constantes mudanças de estilo a banda costuma contar com participações de músicos e cantores da cena itatibense.

O Poeta, Escritor, Tarólogo e Astrólogo, Mateus Machado, membro fundador da AEPTI – Associação dos Escritores,Poetas e Trovadores de Itatiba, além de três livros de poesia é também autor de alguns romances. Um deles em especial tem grande importância para o rock itatibense. Em As Hienas de Rimbaud, Mateus descreve a cena musical da cidade, da qual participou com uma das bandas mais legais daquele período: O Barco Bêbado. Les Fleurs (du Mal) aparece brevemente nas páginas desse romance justamente por conta dos projetos Pandora (Pandora’s Demo – 2004 e Pandora’s Pussy – 2012).

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Escreva e pressione ENTER para pesquisar