Daniel Johns anuncia curta-metragem “What If The Future Never Happened?”

Dê sua nota neste post

“Este é um curta inspirado na cultura pop em que eu estava imerso antes de me tornar um curioso caso de criança que vira estrela. É ao mesmo tempo a coisa mais honesta e fantástica que já fiz. Mal posso esperar para que as pessoas vejam, mas até lá espero que o trailer deixe as pessoas animadas – é uma viagem e tanto”, conta Johns.

Icônico vocalista e líder do Silverchair e o artista australiano mais premiado de sua geração, Daniel Johns prepara um de seus projetos mais ousados e curiosos:

radiosaovivo.net

“What If The Future Never Happened?”, um curta metragem de 30 minutos que mistura ficção científica e fantasia com a própria história do artista, em uma viagem ao começo dos anos 90 e o início da sua carreira. A data de lançamento ainda não foi revelada, mas um trailer já está disponível no canal do YouTube de Johns. O artista lançou recentemente seu novo álbum “FutureNever” via BMG.

A trilha caminha entre faixas do recém-lançado álbum #1 “FutureNever”, onde claramente o nome do filme foi baseado, e versões orquestrais de clássicos do Silverchair que já podem ser conferidas no trailer. No filme, a versão jovem de Johns é vivida pelo ator Rasmus King (Barons, 6 Festivals). Em um dia comum na Austrália, ele está fugindo de 3 bullies quando encontra a chance de se encontrar com uma misteriosa figura do futuro que mudará o caminho de Daniel para sempre. Como líder do Silverchair, Daniel Johns lidera a lista de vencedores do Australian ARIA Awards. A banda lançou cinco álbuns de estúdio entre os anos de 1995 e 2007, todos os quais estiveram em primeiro lugar no ARIA Albums Chart e alcançaram mais de 10 milhões de vendas em todo o mundo.

Daniel Johns foi o primeiro compositor da história a ganhar o prestigioso prêmio APRA Songwriter of the Year em três ocasiões distintas, e em 2016 também ganhou um Grammy por co-escrever “Say It”, de Flume com Tove Lo. Sua versatilidade criativa o levou a ser  diretor musical da série “Beat Bugs” (Netflix), vencedora do Emmy em 2017. Em 2003, Johns juntou-se ao produtor australiano Paul Mac para formar o The Dissociatives. Seu projeto colaborativo com Luke Steele (Empire of the Sun), DREAMS, foi lançado em 2018 e apresentado no Coachella e Vivid Sydney. 

Após estrear solo com “Talk” em 2015 e se destacar com seu podcast original do Spotify “Who Is Daniel Johns?”, ele adicionou uma nova página na sua trajetória com “FutureNever”. O novo álbum está disponível em todas as plataformas de música. “Como artista fico entediado muito rápido, então eu quis fazer desse álbum uma aventura pro ouvinte. Eu parei de correr do passado e estou aqui, abraçando ele”, contou ele no lançamento do disco. Iisso se mostra forte neste projeto audiovisual.

Escreva e pressione ENTER para pesquisar