“Ameaça” resgata fase roqueira de LIVY: ouça novo single

A cantora e compositora paulista LIVY lançou o single “Ameaça”. A faixa é a primeira do álbum de estreia “It was never dead, just resting”, previsto para 2023.

Pautado pelo renascimento, o disco apresenta também algumas canções compostas no início da carreira de LIVY, o que ela considera o “lado B” do álbum. Curiosamente, é uma dessas faixas, “Ameaça”, a escolhida como primeiro single.

“Escolhi essa música porque ela representa minha raiz, de onde eu vim, e as nossas raízes dizem bastante sobre a gente. Honre-as sempre que possível. Isso nunca vai fazer com que você erre a direção. Honre mesmo aquela versão ‘rascunho’ que fez você chegar até aqui. ‘Ameaça’ é sinônimo da artista em formação, buscando identidade e se colocando no mundo. Acho que é uma boa forma de recomeçar”, explica. 

LIVY também recorda que na época em que compôs a faixa, ouvia bastante hard rock como Halestorm e The Pretty Reckless, o que justificaria a pegada mais roqueira da música. “Pode ter um elemento ou outro dessa combinação”. Já a letra, segundo ela, aborda a dualidade, o maniqueísmo, a ameaça em algo inevitavelmente sedutor. “A música fala também em estados de exceção, totalitarismo. O verso ‘dizem que ninguém escapa desse charme de sempre, dessa velha ameaça’ não parece atual num contexto de democracia tão recente quanto a nossa? Esse flerte com a ausência do Estado de Direito não tem nada de novo e continua se alastrando nos dias atuais, travestido de nacionalismo”, revela.




Em julho deste ano, numa retomada de carreira, LIVY lançou “Baby, é o Fim do Mundo” em videoclipe. A ótima repercussão, deu o gás que a artista precisava para trabalhar no novo álbum, e “Ameaça” é o início do que está por vir em 2023.