Wicked Razor reverencia filmes clássicos do terror em novo e grandioso videoclipe!

Os Hard Rockers curitibanos do Wicked Razor, que estão em processo de final de gravação do seu álbum de estreia já intitulado “The Bad Boys Guide”, lançaram recentemente em todas plataformas de streaming a faixa “Sinner” como segundo single e videoclipe extraídos desse vindouro trabalho.

Produzido por Jean Pietro e Róbson Marques (Estúdio Mystic Horizon, em Curitiba/PR) e com ambientação oitentista, mixagem e masterização a cargo de Jonas Godoy (Estúdio Linha Sonora, em Caxias do Sul/RS), “Sinner” é o sexto single lançado pelo quinteto e estará presente no vindouro álbum de estreia intitulado “The Bad Boys Guide”, com previsão de lançamento para o primeiro semestre desse ano.

Da mesma forma que o primeiro single “Back 2 The 80s”, lançado ano passado, “Sinner” também segue uma linha nostálgica, só que dessa vez vem acompanhado por um grandioso videoclipe, transbordando enormes referências e ‘deliciosos’ clichês de filmes ‘slasher’ (terror/suspense) dos anos 80 e 90, como, por exemplo, os grandes clássicos “O Massacre da Serra Elétrica” (1974), “Sexta-Feira 13” (1980), “Psicose” (1960, o mais antigo, com a sensacional e famosa cena do banheiro) e “Pânico” (1996).

Videoclipe foi dirigido em conjunto pela banda e por Daniel Mazza (@DanielMazza), conhecido diretor que trabalhou com a banda mineira de Hard Rock Electric Gypsy no videoclipe da música “Wild Kiss”, e, também, baterista da banda do famoso Youtuber Lucas ‘Inutilismo’.




Assista “Sinner” e inscreva-se no canal da banda

“Participamos com Daniel desde a fase embrionária dos ‘storyboards’, até ideias para o roteiro, direção de cenas e cortes na edição final”, comentou Jean Pietro (vocal), responsável pela criação do vilão e serial killer do videoclipe, interpretado pelo ator André Niemczyk, numa espécie de vilão híbrido entre o Espantalho, do filme “Batman Begins” (2005), Leatherface, de “O Massacre da Serra Elétrica”, com Jason Voorhees, de “Sexta-Feira 13”. Nessa grande produção, também faz parte do elecon o ator Matheus Moura, conhecido por participar do filme “Alice Junior”, do catálogo da Netflix.

Confira “Sinner” no Spotify

Não basta uma banda fazer um videoclipe desse porte se a temática não é compatível com o trabalho, passando bem longe de “Sinner”, já que sua letra aborda, pelo ponto de vista do serial killer, o ‘certo e o errado’, de fazer justiça com as próprias mãos e de uma maneira deturpada de se punir alguém que estava na hora e lugar errados, ou seja, os que ele acha que são maus, mas, conforme as letras de Jean, há várias interpretações mesmo tudo estando bem sincronizado com o roteiro desenvolvido para o vídeo.

“Foi cansativo, mas muito prazeroso! Com certeza foi uma das experiências mais incríveis para gente! Todos ali presentes nos três dias de gravação comentavam que tudo estava dando certo, todos estavam se divertindo e a vibe era a melhor possível. Desde o debate de ideias, roteiro, gravações e até a parte da introdução que fizemos no bar Old Jack Garage, em Curitiba. O próprio Daniel (diretor), que está acostumado a trabalhar com bandas, tendo ótimo histórico de trabalhos no currículo, comentou que até então não tinha feito algo tão legal, mostrando-nos muita resiliência ao trabalhar conosco, pois além de dar ideias, também deu muito espaço para todos na banda se expressarem na criação do vídeo”, comenta Jean Pietro.

Jean Pietro também comenta que no refrão de “Sinner”, e principalmente na parte dos backing vocals feitas por Rogério Vikz, se influenciaram diretamente e propositalmente pela banda de Horror Punk americana The Misfits, criando um charme ainda maior.

“Apesar de nos inspirarmos em algo que já existe, no caso os filmes clássicos, acredito que fizemos algo novo no conceito música, com uma pegada diferente, principalmente para bandas nacionais”, finalizou.