Confira entrevista do Overdose Nuclear para o Programa Metal com Batata

Após ser veiculado em diversas rádios, o Programa Metal com Batata disponibilizou uma entrevista exclusiva com o vocalista Julio Candinho, da banda OVERDOSE NUCLEAR. Agora, essa entrevista pode ser encontrada em seu canal oficial no YouTube. Nessa conversa, o músico de Ubatuba, cidade situada no litoral norte de São Paulo, mergulha nos detalhes do segundo álbum da banda, intitulado “Metal do Mangue”, lançado recentemente. Durante o bate-papo, Candinho compartilha com a audiência os bastidores do processo de gravação do novo CD, destacando os desafios enfrentados em meio à pandemia. Além disso, o vocalista aborda a experiência dos shows, as eternas “panelinhas” que infelizmente corroem o Metal e outros assuntos relacionados à cidade natal da banda e ao cenário underground.

Assista ao bate-papo no Programa Metal com Batata:

O aguardado álbum “Metal do Mangue” é composto por nove faixas, incluindo um cover excepcional de “Cowboy Fora da Lei”, do eterno Rei do Rock, Raul Seixas. O lançamento só confirma a posição destacada da banda no cenário brasileiro. Com mais de uma década de intensas atividades, e tendo lançado anteriormente uma demo e um álbum, “Metal do Mangue” coloca o OVERDOSE NUCLEAR como um dos principais expoentes do gênero no Brasil. O álbum é verdadeiramente um exemplo de paixão e dedicação dos músicos independentes que se esforçam para divulgar o Thrash Metal e manter viva a essência energética e a atitude marcante desse estilo. Julio Candinho (vocal), Marcus Goulart (guitarra), Gustavo Albado (baixo) e Rodrigo Kusayama (bateria) não poupam esforços para criar músicas de alta qualidade, repletas de peso e agressividade.




Dentre as nove faixas do álbum, destaca-se “A Guerra Nunca Muda”, onde a banda mergulha em uma profunda reflexão sobre a relação intrínseca entre o homem e a guerra ao longo da história. Desde os tempos ancestrais até os dias atuais, a humanidade tem sido marcada por conflitos e batalhas, sejam elas físicas ou ideológicas. Essa música, segundo a banda, personifica essa guerra como uma entidade constante, que persiste através dos séculos, desafiando a paz e a harmonia. Por meio de letras poderosas, o quarteto explora a jornada do homem em meio aos conflitos, destacando as cicatrizes deixadas e as lições aprendidas rumo à extinção.

Ouça “A Guerra Nunca Muda” no YouTube:

A pré-produção de “Metal do Mangue” foi realizada pelo guitarrista Marcus Goulart, enquanto a gravação, captação, mixagem e masterização levam a assinatura de Hugo Silva, do estúdio Family Mob. A capa álbum é uma obra do artista gráfico Marcelo Dod, que já havia criado artes de singles recentes. Além disso, o álbum conta com duas participações especiais. Mayara “Undead” Puertas, integrante do Torture Squad, empresta sua poderosa voz em “O Julgamento” e também trabalhou com o vocalista Julio Candinho na pré-produção dos vocais do álbum, atuando como sua professora de técnicas vocais. Essa colaboração acrescenta um toque especial e mostra a união e camaradagem entre músicos do cenário Metal. Outra participação marcante ocorre em “Messias Genocida”, na qual a banda conta com a presença de Jairo Vaz Neto, vocalista da banda Chaos Synopsis.

Ouça álbum “Metal do Mangue” no Spotify:

Assista ao vídeo de “Messias Genocida” no YouTube:

Créditos da foto: Divulgação 

Contatos:

Site oficial: www.overdosenuclear.com.br
Facebook: www.facebook.com/OverdoseNuclear
Instagram: www.instagram.com/overdosenuclear
YouTube: https://www.youtube.com/OverdoseNuclearTV
E-mail: contato@overdosenuclear.com
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

 



Avatar

Maicon Leite

Assessor de Imprensa com a Wargods Press, colaborador da revista Roadie Crew, co-autor do livro Tá no Sangue! e podcaster com o Metal Legacy.