Migrantes em harmonia: Legión implanta seu poder musical em uma jornada profunda

A banda de metal Barranquillera, (Colômbia), conhecida como Legión, nos surpreende com o lançamento de sua nova e poderosa música intitulada “Migrantes”. Esta composição emocional investiga profundamente as viagens migratórias que milhões de pessoas empreendem em busca de uma vida melhor, deixando para trás as suas casas, famílias e terras natal por vários motivos convincentes.

“Migrantes” presta homenagem às almas corajosas que enfrentam desafios intransponíveis na sua busca por um futuro melhor. A canção é um compêndio das experiências de quem se aventura nesta odisseia humana, movido por circunstâncias que vão desde a fuga de conflitos armados à procura de oportunidades económicas. Com letras e metáforas profundamente emocionais, a música capta as histórias daqueles que arriscam tudo em sua jornada rumo ao desconhecido.

Kabir Suescun, integrante da banda, comenta: “O som do Legion é caracterizado pela emotividade e caráter nas composições, combinando melodias agressivas e cadenciadas, além de seções desafiadoras com constantes mudanças rítmicas, explorando o terreno do Rock-Metal Progressivo”.

Com uma formação de cinco músicos talentosos, a música do Legión se destaca pelas guitarras e teclados distorcidos que criam atmosferas, complementam as frases e facilitam as transições. Um bloco rítmico sólido, com perfeita sincronização entre baixo e bateria, destaca as seções instrumentais e dá vida à identidade única de cada música.




Elliot Muñoz acrescenta: “Em ‘Migrantes’ incorporamos mais sonoridades industriais, ritmos tribais e de marcha, oferecendo uma experiência auditiva estável ao ouvinte, com arranjos vocais e refrões que empregam elementos de Djent e exploram as complexidades do rock-metal progressivo. ” .

Em “Migrantes”, Legión apresenta um estilo de composição maduro, entregando uma sonoridade renovada que revitaliza o gênero. Letras profundas e emocionais são combinadas com música poderosa que evoca uma ampla gama de emoções no ouvinte. Através desta música, a banda procura consciencializar sobre a complexidade da migração e homenagear aqueles que a vivenciam, dando-lhes voz através da sua música.

Ouça “Migrantes” no Youtube:

Legion encontra inspiração em bandas influentes e lendárias como Tool, Metallica, Pantera, Dream Theater, Symphony X e Porcupine Tree, o que se reflete tanto em seu som característico quanto nos temas líricos profundos que exploram. Suas letras convidam à reflexão sobre a existência, as preocupações humanas e o despertar da consciência, além de abordar temas polêmicos e intrincados relacionados a histórias humanas complexas.

Todas as composições musicais são criações coletivas dos talentosos integrantes da banda: Kabir Suescun (vocal), Leonardo Molina (guitarra), Sebastián Urueta (bateria), Elliot Muñoz (teclados) e Cristian Cortezano (baixo). A meticulosa mixagem e masterização de “Migrantes” foi feita por Dave Arango no Dark Shine Temple, enquanto a arte da capa foi feita por Caballero Graphico, garantindo uma experiência auditiva cativante para os ouvintes.

Além disso, a banda encerrou recentemente a campanha de lançamento da música “Carpe Diem”. Essa música, que passou por uma evolução criativa, traz uma intro ambiente que rapidamente se transforma em uma base de metal, mostrando influências do Djent, mas mantendo elementos do rock-metal progressivo. As amálgamas rítmicas e os riffs únicos dão a esta música emocionante uma identidade própria.

Sebastián Urueta conclui: “Continuamos a criar música e a explorar ideias para partilhar com o nosso público. Os novos lançamentos incluem o vídeo EPK de ‘Carpe Diem’ com uma versão ao vivo disponível no nosso canal no YouTube, bem como as versões de estúdio de ‘Carpe Diem’. ‘. ‘ e ‘Migrantes’, disponíveis em plataformas de streaming”.

Ouça “CarpeDiem”





Link curto da publicação: https://overrocks.com.br/uc9e
Neder de Paula

Neder de Paula

CEO e fundador do portal OverRocks e web rádio. Designer, webdesigner, videomaker, apaixonado pela família, quadrinhos, cinema, tv, UCM, DCU, metalhead desde os 12 anos e curador musical na Divulguei e Groover.