Tio Guéder questiona o papel das redes sociais no EP “Novo Mundo”

O power trio mineiro Tio Guéder lançou, através do selo Sarcastic Records, o EP “Novo Mundo”. O trabalho, que conta com as faixas “Todo Mundo”, “Nova Política”, “Stalker”, “Dois Conhaques” e “Quero”, busca refletir sobre o modelo comportamental da sociedade desenhado pelas redes sociais

“O EP gira em torno de um conceito”, revela o vocalista e guitarrista Rodrigo Lara. “Alertar para o fato de que a perfeição é uma invenção e a positividade pode ser tóxica (‘Todo Mundo’); que a desinformação nos dividirá, favorecendo seus difusores (‘Nova Política’); que a hiperexposição esconde perigos (‘Stalker’); que os excessos trarão consequências (‘Dois Conhaques’); e que a vida pode ser boa com desejos relativamente simples (‘Quero’)”.

“Todo Mundo”, single escolhido para representar o lançamento, aborda a falsa realidade imposta pelas redes sociais, em um retrato de mundo excepcional, sem que defeitos, derrotas ou sentimentos negativos façam parte do cenário, muitas vezes encenado, da vida virtual.  “Em nome das aparências, não só se esconde sentimentos que fazem parte da vida, como tristeza, frustração, depressão, mas esses quadros podem ainda se agravar, causando estragos muitas vezes irreparáveis em seus usuários, que logo são abandonados pela comunidade virtual, ou a abandonam em busca de saúde mental”, diz Lara, responsável pela letra da música.

Para retratar a atmosfera do EP, a banda convidou Júlio Brilha, quadrinista e ilustrador, para assinar a arte de capa. “Novo Mundo” já está disponível nas principais plataformas digitais.




Ouça o single “Todo Mundo”:

Além de Rodrigo Lara, fazem parte da banda os músicos Jiva Oliveira (baixo) e Talmo Rosa (bateria).  Formada em 2017, na cidade de Passos, interior de Minas Gerais, a Tio Guéder mistura influências que vão de Barão Vermelho a Foo Figthers.

Escute o EP “Novo Mundo” na íntegra no seu tocador preferido: https://tratore.ffm.to/novomundotg