Into the Dark Extreme Symphony Fest no Rio de Janeiro dia 06 de Abril com as bandas Pagan Throne, Ereboros, Angelique e As Dramatic Homage

No dia 06 de Abril, acontece na Areninha Cultural João Bosco, no Rio de Janeiro-RJ, a primeira edição do Into the Dark Extreme Symphony, com as bandas Pagan Throne, Ereboros, Angelique e As Dramatic Homage, unindo o Metal Extremo ao Sinfônico em mais uma derivação do já clássico festival Into The Dark, promovido pela THC Produções. A apresentação fica por conta da DJ Cammy Marino.

Os ingressos já estão disponíveis pelo Sympla em: https://www.sympla.com.br/evento/into-the-dark-extreme-symphony-edicao-rio-de-janeiro/2332293

O Into the Dark é uma realização da THC Produções, que também já promoveu edições do seu evento voltadas para o Metal Extremo, o Power Metal e o Thrash Metal. O Into the Dark Extreme Symphony visa fomentar e dar oportunidades a bandas de Death e Symphonic Metal brasileiras que já possuem grande visibilidade mesmo fora do país, mas que carecem de espaços adequados para executar sua música com a produção e a qualidade que ela demanda.

Saiba mais sobre o evento através do @thcproducoes_oficial Instagram. O Into the Dark Extreme Symphony tem apoio de Hell Yeah Music Company, Areninha Cultural João Bosco, Prefeitura do Rio de Janeiro e Movimento de Integração Cultural. Siga as bandas em @paganthrone, @ereborosofficial, @angeliquebandofficial e @asdramatichomage.




Confira abaixo o serviço completo:
Data e Horário: 06 de Abril de 2024, sábado, a partir das 19 horas
Local: Lona Cultural João Bosco de Vista Alegre – Avenida São Félix, 601 Vista Alegre. Rio de Janeiro, RJ
Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/into-the-dark-extreme-symphony-edicao-rio-de-janeiro/2332293

Saiba mais sobre as bandas:

Ereboros: Da união de uma divindade ancestral e um símbolo de conhecimento milenar, o Ereboros é uma banda carioca de Death Metal formada em 2022 por músicos expressivos do metal extremo no Rio de Janeiro. Famintos pela arte obscura, os músicos buscam referências nas bandas de black metal que exploram a experiência atmosférica instrumental e nas bandas de death metal clássico, desbravadores pioneiros da agressividade dos riffs de guitarra e vocais viscerais. As músicas têm como assunto principal o questionamento do “modus operandi” negacionista e as amarras moralistas da sociedade atual. Buscando sempre a profundidade poética e temas críticos como a filosofia e o ocultismo, a lírica do Ereboros é usada como uma ferramenta de esclarecimento e liberdade.

Pagan Throne: Pagan Throne é uma banda de Pagan Black Metal do Brasil, formada em 1998. As influências da banda permeiam o metal extremo e o heavy metal tradicional, criando uma característica única nas composições, que misturam a brutalidade inspirada em bandas como Immortal, Emperor, Behemoth, Marduk e Dimmu Borgir com passagens e ritmos típicos de bandas tradicionais de heavy metal dos anos 80. e anos 90, além dos climas melancólicos e “gélidos” que assombram as músicas e os ouvintes. O Pagan Throne utiliza o paganismo como pano de fundo para suas composições trazendo todo um contexto histórico de antigos povos e culturas ao redor do mundo.

Angelique: A banda Angelique foi fundada em 2014 no Rio de Janeiro, com um trabalho maduro e elaborado, a banda possui sua direção musical guiada pela cena gótica/desgraça europeia.

As Dramatic Homage: A banda foi fundada em 1999, no Rio de janeiro, resolvemos adotar o termo do estilo Avant-garde metal , para ter mais liberdade musical sem nos mantermos presos a algum segmento específico, mas a banda transita em características, Dark, Progressive e Extreme.