Paulinho Bahiense lança “Perpetual Symphony” e aponta para novos horizontes no Metal Instrumental

O virtuoso e talentoso guitarrista carioca Paulinho Bahiense lançou seu single e videoclipe de estreia, “Perpetual Symphony”, uma composição instrumental que une o Metal Neoclássico com o Power Metal clássico dos anos 90 e elementos eruditos, numa fusão carregada de bom gosto, agradando desde fãs da sonoridade de bandas como Stratovarius e Gamma Ray até admiradores da obra de Yngwie Malmsteen. “Perpetual Symphony” soa grandiosa, comovente e cativante, com uma proposta de tornar a música instrumental mais acessível, mas não menos complexa e profunda.

“Quando comecei a compor a “Perpetual Symphony”, eu estava totalmente envolvido por uma atmosfera épica e neoclássica, estava revisitando muitos álbuns clássicos do power metal que continham essa atmosfera, como “Visions” do Stratovarius, “Trilogy” do Malmsteen, a”The Metal Opera” do Avantasia, “Angels Cry” do Angra, dentre muitos outros desse segmento, e isso me influenciou muito na composição desse instrumental. Quero que ao ouvirem minha música, as pessoas sejam envolvidas por essa atmosfera como eu fui. O videoclipe foi gravado com equipamentos muito simples, pois eu não queria esperar ter grana pra investir em uma baita produção, mas tudo foi feito com muito zelo, dedicação e paixão, e isso fez com que conseguíssemos o melhor resultado possível dentro do que tínhamos disponível. Estou muito satisfeito e ansioso pra que todos vejam e ouçam”, comentou Paulinho sobre o lançamento.

Paulinho Bahiense é um guitarrista carioca, natural da cidade de Nova Iguaçu, que iniciou muito cedo na música. Logo aos 10 anos de idade iniciou no violão, mas aos 13 conheceu a guitarra e se rendeu completamente aos seus encantos. Ainda que não tivesse uma guitarra, Paulinho começou a estudar e desenvolver técnicas sozinho usando um violão tonante que ganhou de seu tio. Pouco tempo depois começou a fazer aulas de guitarra, mas a experiência durou apenas três meses, então continuou estudando por conta própria, vindo a adquirir sua primeira guitarra somente aos 20 anos.

Foi influenciado desde cedo pelo pai que ouvia muito as músicas dos anos 70, 80 e 90. Como foi criado em lar cristão, Paulinho tocou em diversas igrejas, onde aprendeu muito, mas nunca abriu mão dos seus gostos musicais e também do seu visual que sempre chamou atenção. Depois desse período seguiu sua jornada usando suas redes sociais para gerar conteúdos, onde conseguiu conquistar muitos seguidores do seu trabalho, levando-o a ser convidado para tocar em bandas que se apresentaram em diversas cidades do Rio de Janeiro e até mesmo fora do estado.




Além de sua carreira solo, Paulinho Bahiense atua como guitarrista freelancer, foi integrante da West Gang Bon Jovi Tribute, com quem recentemente voltou a fazer alguns shows e também fará parte do álbum de Power/Prog Metal do vocalista Danilo Fiory, e é músico convidado em uma das faixas do novo álbum do Stratosphere Project, “Dimensional Convergence”.

Confira o videoclipe de “Perpetual Symphony” abaixo:

Além de Paulinho, “Perpetual Symphony” conta com o baixo de Anderson Sherman e os teclados de Gabriel Cardoso, com filmagem por Téo Santos, Edição de Dan Fiory e Mixagem e Masterização de Anderson Sherman. A bateria foi gravada em parceria com o Estúdio Tiranelo Records.

Ouça o single “Perpetual Symphony” a seguir:

Saiba mais sobre Paulinho Bahiense, sua obra e seus lançamentos através de seu Instagram @paulinhobahiense ou de sua assessoria @hellyeah_music